LilySlim - Weight loss

Minha Família...


quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Dor...

Pois éh...

Hoje estou com dor... Muita dor.

Também Tô entupida de biscoito de polvilho.

Alguém sabe me falar se após cirurgia bariátrica pode comer biscoito de polvilho???

15 dias e eu não aguento de ansiedade.

Comi um monte de biscoito de polvilho. E ainda uns 100 ml de curau de milho verde, oh "trem" doce, credo!!!

E a dor insuportável.

Mudando de assunto:

Acho que todo mundo foi embora daqui, pq ninguém comentou os últimos posts.

Passando pelo blog das amigas, vi que tem gente que faz 02 anos que parou de escrever.

Vou ter que ver outros blogs, será que ninguém mais faz blogs????

É isso aí!
Avante...

Bjos no ♥

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Minha dieta: Jantar: 05/01/2015



 Meu jantar de hoje foi um copinho dessa sopa. Não estou conseguindo fazer sopinha caseira, então está sendo estas mesmo, hoje Batata com Carne.
Fazer marchand de graça, kkkk:


Sei que é bem chegada ao sódio, mas pra alguém que como eu não gosta e ou ainda não está apta a enfrentar o fogão, segue uma boa dica.
Espero ter ajudado!

É isso Aí!

Avante!

Bjos no ♥



Livros nas Férias

 Olá,

Pois é, nessas ferias forçadas, não faço outra coisa senão ler, assistir filmes e minha serie predileta e agora inventei de fazer crochet e voltei aqui pro blog.

Meu 1º livro em Dezembro/2014, pós cirurgia foi "Corta pra mim" do  Marcelo Rezende, um livro legal de se ler.
Mas esperava mais.
Como jornalista ele continua ótimo.

Li também : 
  Mais por curiosidade, porquê nem tem muito a acrescentar a Era Collor de Mello. Achei que o tempo todo ela se faz mui amada pelo ex presidente, não entendi se quer fazer crer ao leitor que era amada pelo marido, ou se o mesmo é um crápula por abandona-la, por ter feito um pacto antenupcial de que ela não tinha conhecimento e blábláblá. E afirma no final que o ex-presidente devia ainda continuar a ama-la, porque não a deixa livre, com os bens que ela acha que tem direito.

Agora estou lendo:

Doidas e Santas é um apanhado de crônicas publicadas em jornais, que a escritora Martha Medeiros expõe dramas, alegrias, o cotidiano de cada um de nós.
Estou no finalzinho. De todos que eu li até agora está sendo o melhor.
E ainda assistindo minha serie predileta: Criminal Minds.

Pois é, como sabia que ficaria de molho, comprei o Box completo.
Estou na 2ª Temporada, no 3º DVD.
Acho que não termino de ver nestas ferias, kkkk....



Olá, EU aqui de volta, exatamente 04 anos, 06 meses e 14 dias

Olá,
Aqui de novo!
Como disse 04 anos 06meses e 14 dias, para contar mais um pouco de mim.
Como sabem em 22/06/2010, fiz uma cirurgia de obesidade. Pesei 137 kg.
Na época, já tinha corrido atrás de tudo quanto é tipo de mandinga pra emagrecer, tudo quanto é tipo de receitas miraculosas, remédios, médicos e afins. Juro, só não fui no Centro de Macumba, bem porque, sou evangélica de nascimento (meu pai é pastor).
Nesse passar de tempo, fiquei aqui com vocês um tempo, mas depois de emagrecer 62K (pesava à época 75 kg), meu foco mudou.
Fui correr atrás de outras coisas, como minha profissão: advogada (agora com carteira da OAB/SP, uhhhuuuuuullll), kkkk, foram 07 exames, que coisa não!
Pois é, advogada que sou,  comecei a correr atrás de grana, e acreditem, um stress total, coisa de louca mesma, bem, acho que louca nunca deixei de ser, mas uma louca controlada por psiquiatras, psicólogos , remédios e afins.
E ainda no ano de 2014, surgiu uma oportunidade de ser Procuradora de um município em MG e lá vou eu. Pensa numa pessoa fora de casa, comida mineira, nem sempre com tempo de fazer uma refeição correta, eram 260 km de minha cidade, viajando 02x por semana.
Final das contas:    ENGORDEI 12 KG.
Nem em todos os meus pesadelos pensei que isso poderia ocorrer: peso= 87 kg, beirando os 90 kg.
Acredita?
Acreditando ou não, acendeu uma luzinha lá no fim do meu subconsciente. E agora???
Se continuar assim, chegar nos 90 kg, pros 100 kg são só 10 kg e isso, vamos combinar, conhecemos bem, é um pulo pra uma cabeça obesa.
Não me lembro se já falei, mas ano passado já tinha procurado um gastro, pelo meu plano de saúde.
Tinha uma hérnia, não sei de da bariátrica ou da abdominoplastia.
E minha bariátrica sempre me incomodou por ser tipo Scopinaro, reduziu muito o intestino e o estomago grandão. O que isso significava: anemia constante, flatulência horrenda e diarreias fenomenais.
Mas em 12/2013 o convenio negou a cirurgia, alegando ser pré-existente, já que eu tinha feito uma migração no plano (uma falta de sensibilidade, bem porque tenho o plano a mais de 21 anos, pois o parto do meu filho: Thiago, 21 anosà cesárea foi por esse mesmo plano de saúde). No começo estressei, até o medico me disse para entrar na justiça. Eu advogada que sou, cansada de tanta injustiça, fiz as contas: se entrar com pedido de liminar, juiz nenhum vai me dar, porque não era caso de vida ou morte, pelo andar da carruagem ou do processo mesmo, seria mais ou menos, dado algum tipo de decisão em 11/2014, e mesmo assim o plano ia recorrer, e em 11/2014 vencia a carência.
Assim, em 10/2014, procurei o mesmo gastro, fiz o pedido e o convenio nem chiou, autorizou a cirurgia de retirada de hérnia, + correção da bariátrica para Fobi-Capella.
Em 24/12/2014, entrei novamente pro Centro Cirúrgico, e Nova cirurgia.
E hoje aqui estou eu, relatando pra vocês, as novas peripécias dessa nova cirurgia.
Estou borboleteando como dizem as meninas dos blogs: ADORO!!!!
No dia 23/12/2014 pesei 87 kg, hoje pesei 81 Kg.
Bom isso néh!
E assim termino esse meu 1º post de muitos que virão.
É isso ai...
Avante...
Bjos no


Débora N. da C Durães


#bariatrica